Claro que a última forma de te dar os parabéns tinha que ser por aqui, por isso PARABÉNS BELINHA! <3

E tinha que ser por aqui porquê? Porque não tinha espaço no facebook para todas as coisas lindas que há a dizer sobre ti.
Lembro-me perfeitamente da primeira vez que falei contigo, para preparar uma surpresa à Cristina, eu não sabia nem fazia ideia do que aí vinha!

Lembro-me também, e que bem que me lembro de quando me traçaste a capa, eu não percebia muito o porquê mas eu já gostava de ti!

Até que o destino decidiu dar-nos a oportunidade de vivermos juntas, e de nos conhecermos melhor! E não é que foi a melhor coisa que o destino decidiu? Decidiu colocar no meu caminho uma das melhores pessoas do Mundo e quis que nunca mais no separassemos...

E é por isso que tu mereces mil vezes parabéns, tu és das pessoas mais humanas e humildes que conheço, o teu coração está sempre cheio e qualquer tipo de "maldade" que aconteça À tua volta de revolta. Aos meus olhos (e é cego quem não vir) és das melhores pessoas que existem à face da Terra!
Mereces os parabéns também por causa do teu sorriso, da tua gargalhada, da tua boa disposição, por tudo, porque tu és mesmo assim, sem falsidade. é TEU , é NATURAL...
Não houve um único momento em que me sentisse mal ao teu lado, claro que também tens os dias maus de toda a gente, mas eu acho que até os teus dias maus têm uma gargalhada no fim.

Espero que o teu dia tenha sido como tu, feliz, alegre e com vontade de viver o que há para viver da melhor maneira.

Gostava de ter estado contigo, te levar o pequeno-almoço à cama, ir passear contigo e dizer-te até manhã antes de entrar no qaurto para dormir, mas infelizmente não foi possível. Mas o que nos vale é que o destino continua a ser nosso amigo, e vamos ter HOJE  a oportunidade de festejarmos juntas.

E quero que saibas que hoje tu és sem dúvida o centro das atenções, vistas o que vestires, com o cabelo mais curto, com ou sem maquilhagem (mas com é sempre melhor), TU vais ser o centro das atenções!! E não vai haver nada que estrague o facto de estarmos juntas, como aquilo que realmente somos, amigas.
Eu sou uma pessoa melhor quando estás ao meu lado, e acho que o destino devia pensar seriamente nisso para nunca te colocar longe de mim.

Hoje o lema da noite é que "a Isabel esteja feliz"  e eu sei que vais estar.

E não te preocupes, vai parecer como antigamente, vamos chegar a casa, comer torradas e adormecer a conversar (a manhã vai ser muito má, mas não vamos pensar nisso) :)


Tenho mesmo muitas saudades tuas, saudades que parece que matam e hoje nem metade ficará em dia, mas sabes? Temos uma vida pela frente para matar saudades! Porque só acaba quando quisermos, e nós não queremos!


Obrigada por tudo. e mais uma vez PARABÉNS pela pequena GRANDE pessoa que és.



                                                                                                                                 Com muito carinho,
                                                                                                                                       Catarina.
Perdemos tempo com tudo!
Ás vezes acho mesmo que até a minha vida é uma perda de tempo.
O tempo que eprco a discutir, a pensar em coisas parvas, o tempo que perco com preocupações sem lógica, o qeu tempo que perco com medo de fazer alguma coisa ou de arriscar...perdemos mesmo muito tempo na vida!
Mas o tempo, para mim, mais perdido, é aquele que perco em discussões... principalmente, as discussões contigo. Para quê discutir, para quê? Para fazer as pazes? Ok, confesso que é muito bom fazer as pazes, mas as coisas que dizemos aquando de uma discussão ás vezes, são tão más que nem as pazes compensam o tempo perdido na discussão.
E discutir contigo é tão antagónio, porque, até quando discuto contigo, só me apetece abraçar-te e dizer que te amo.
Sabes que existem coisas que nunca vão mudar, eu vou ser sempre chata e ciumenta, estarei para sempre mal habituada (mimada demais não foi o que disseste), mas isso sou mesmo. Sou muito mimada por ti, aliás só contigo é que acho qeu sou mimada.



Para terminar, eu e tu, NÓS temos que para com isso. É imperdoável perder tempo com discussões e separada de ti, já percebemos, os dois, há muito tempo, que só juntos é qeu somos plenamente felizes.

Por isso, chega de perder tempo :)
Hoje conversei sobre a intensa procura pelo par perfeito, falei acerca da hipótese de "não nos querermos prender alguém pelo facto de poder aparecer alguém melhor". As raparigas de agora e a sua mentalidade foram o tema da conversa.
 E lembrei-me de ti. (como sempre)
De certeza que já te perguntaste se eu sou realmente o que queres para ti. A longo prazo.
Eu já.
Quando estamos solteiros conhecemos várias pessoas novas, isso aconteceu comigo. E admito que por veze pensava "este rapaz dava um bom namorado" (quem nunca pensou desta forma), mas desiludia-me logo de seguida, porque uma cara bonita não faz um bom namorado.
Se já pensei que podias ser diferente?!
Tantas vezes.
Ás vezes gostava que fosses mais fofinho, que me fizesses surpresas, que me dissesses coisas inesperadas, que cuidasses mais de ti, que te preocupasses mais com o teu futuro. Eu sei lá, já pensei em tanta coisa.
Mas a verdade é que , se tu não fosses como és, eu não te amava e muito provavelmente eu não estaria contigo.
Se fosses apenas um rapaz bonito tudo seria lindo até eu me fartar.
Eu gosto das tuas imperfeições (algumas).
E sei (não vale dizeres que não)  já penssaste várias vezes que eu também poderia ser diferente. Provavelmente gostavas que eu fosse menos ciumenta, que não te chateasse a cabeça por causa das aulas, que fosse mais descontraída, menos envergonhada (tu sabes do que falo),etc,etc,etc. Eu própria já pensei que tu gostavas que eu fosse mais assim. Mas penso, assim eram as raparigas que conheceste enquanto não estavamos juntos, e mesmo que alguma tenha conseguido despertar um bichinho, é comigo que estás.
                              Por isso, se eu não fosse como sou, tu continuarias a amar-me?
Quanto à procura intensa pelo par perfeito, não acho que tenhamos procurado. Foi tão natural e tão normal, primeiro uma amizade e depois um amor. E não é esta a melhor forma de começar?
Nunca me preocupei em procurar nada, muito menos amor.
o Amor é algo que não se procura, não se faz um plano para que dê certo.
o Amor apenas acontece. Pelo menos comigo aconteceu.
Talvez tu tenhas uma magia que me prendeu, e eu sei que agora não dá para remediar o feitiço. E também, o feitiço iria virar-se contra o feiticeiro, por isso... ia dar ao mesmo.
E sabes? Provavelmente se eu fosse procurar (caso tu não me tivesses aparecido no caminho), iria tropeçar em Ti à mesma.                         Talvez seja o nosso destino.


E no meio de todos os meus pensamentos, encontro uma publicação de um rapaz no face cuja namorada faleceu.
Impossível imaginar-me sem ti!
Passo uma semana sem ti e sinto falta do teu cheiro, da tua pele, do teu sorriso.
Não encontro um nome para a nossa relação. Mas não é como a de maior parte das pessoas.
                                                             Mas eu gosto tanto dela!
Gritamos, amuamos, deixamos de falar, partimos coisas. Fazemos as pazes e promessas de amor eterno.Gritamos, amuamos, deixamos de falar, partimos coisas.
É assim! Mas eu sei que somos felizes. Talvez seja uma relação limite sem limite. Talvez gostemos muito um do outro para que consigamos estar muito tempo sem discutir.

Fizemos ontem 2 meses de namoro ou deverei dizer 94 meses? Sim 94, exatamente 7 anos 10 meses e 6 dias.

Sabes Nelson,
    no fim de contas, eu podia procurar, encontrar e ser feliz. Mas nunca poderia encontrar alguém que me ame tanto quanto tu me amas. Nunca seria capaz de encontrar alguém que eu ame tanto como te amo. Nunca seria tão feliz como sou quanto tu me pegas na mão, como quando me chateias, como quando me dizes que me amas antes de adormecer.

                                           

                                          Fomos feitos um para o outro! Tenho a certeza.





Arquivo do blog

Catarina Couto. Com tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog