O que te move?

/
0 Comments

Toda a nossa vida é feita de objetivos, de forças maiores, de sonhos. Tudo vai mudando consoante a fase da vida em que estamos. Contudo, acredito piedosamente que há sempre alguma coisa que não muda, acho que lhe posso chamar, "o que nos move".
 Há uns tempos fiz esta pergunta a mim mesma, o que me move afinal? Porque é que há erros que teimo em cometer? Porque é que não posso mudar coisas que sei que não vão correr bem? No fundo eu acho que sempre soube a resposta. O que me move é o Amor! Sem dúvida. Eu sou feita de amor, por tudo e por todos.
O meu objetivo é sempre amar e ser amada! Mas amar de forma intensa, aquela forma que magoa por vezes. Não sei se será bom. Quando magoa não é bom, mas pelo menos sente-se.

A verdade é que acho que sofro mais do que quem não é movido pelo Amor! Como se sentisse mais quando ele não é retribuído, como se não suportasse a dor de não ser amada. Mas o amor tem que vir de dentro, tem que ser puro, tem que ser sentido, caso contrário deixa de ser amor.

E é por isto que penso que nunca vou cosneguir a felicidade plena. Porque o que me move não é o mesmo que move os milhares de pessoas que existem. Gostava que pelo menos fosse a fonte de movimento dos que me rodeiam, e dos que mais amo. Mas da mesma maneira que acredito que o que me move é o amor, acredito que este não pode nem deve ser cobrado.

E "isto" é algo que sei que nunca cobrarei, nunca pedirei a ninguém que me ame, porque se algum dia o fizer, deixei de acreditar nele.

E tu? Sabes o que te move?


You may also like

Arquivo do blog

Catarina Couto. Com tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog